Liderança em Ministério   

O DNA DE UM LíDER
Todos que vivemos nesta geração estamos conscientes do que é o DNA - o código genético que – resumidamente, sem entrar nas implicações técnicas - determina quem na realidade somos. Quando examinamos um DNA nos damos conta de quem realmente é uma pessoa, quais as doenças mais suscetíveis de ela contrair, seu histórico familiar etc. Essa tem sido uma ferramenta de grande valor para os cientistas, a fim de numa fração mínima de erros descobrirem fatos e realidades que há bem poucos anos eram simplesmente impossíveis de serem descobertos.

Isso me fez pensar em nós como líderes. Será que existe um DNA capaz de nos fornecer as configurações de líderes que irão ser bem-sucedidos e terminar bem a sua carreira? (Aliás, hoje, mais do que nunca no passado, estou preocupado em terminar bem a minha.) Creio que líderes saudáveis - aqueles que deixam um legado que realmente vale a pena seguir – não têm necessariamente o mesmo DNA; mas que tal, pelo menos um figurativo DNA? Em outras palavras: Será que existe um gen comum, ou alguns gens comuns a todos eles? Sinceramente, eu creio que sim.
Se fôssemos a um laboratório, penso que alguns desses gens que menciono abaixo poderiam ser encontrados nos DNA de líderes que fizeram, fazem e para sempre farão uma grande diferença em sua geração.

1 - Uma predisposição de estabelecer alvos desafiadores. Um líder de qualidade tem uma indisposição, uma ojeriza ao status-quo. Eles vêem a “média” como um lugar que eles só querem mesmo manter como um espelho retrovisor. Em lugar disso, estão continuamente se elastificando a si mesmos, a fim de crescerem, se aprimorarem, serem melhores naquilo que fazem, sempre colocando os olhos em alvos nunca imaginados por outros. Eles visam atirar em direção a tão alto que mesmo não alcançando seus alvos, ainda assim conseguem chegar a uma altura jamais conseguida por ninguém. Eu vejo esse gen muito presente em alguns personagens bíblicos. Neemias no VT e Paulo no NT são ótimos exemplos.

2 - Uma habilidade de focalizar intencionalmente um destino desejado. Muitas pessoas podem estabelecer alvos arrojados, porém a maioria delas se deixa distanciar deles com a maior facilidade e freqüência, em função de uma ou outra distração no processo de alcançar seus objetivos.

Grandes e significativos alvos – de um modo geral – levam tempo para serem alcançados. Em razão disso, vai haver tempo suficiente para a tentação de sair da rota e deles retirar os olhos. Percebo freqüentemente que aquelas coisas que nos afastam dos nossos alvos são inclusive coisas boas; só que não são as melhores... Os líderes que fazem de fato uma diferença fundamental são aqueles que não retiram seus olhos dos seus alvos. Eles se mantêm focalizados; têm a habilidade especial de dizer “não” a coisas boas, visando alcançar as melhores. Neemias me parece um exemplo clássico desse perfil, ao deixar evidentes as suas prioridades (Neemias 6:3).

3 - Uma abertura para se sacrificar pessoalmente, a fim de alcançar seus alvos. Quando as coisas ficam difíceis, a maioria das pessoas tem a tendência de desistir. E o pior: quando as coisas se tornam pessoalmente difíceis, a maioria delas realmente desiste. Quando as coisas se tornam realmente difíceis, os líderes que fazem uma diferença se relembram a si mesmos dos alvos arrojados que se auto- estabeleceram, e se lembram também do que a realização significou para eles, e de que a recompensa do alvo alcançado lhes compensa passar pelas tribulações momentâneas.
Esses líderes estão abertos a se sacrificarem pessoalmente a curto prazo, a fim de alcançarem a esperada realização, ainda que a longo prazo. Fixar e manter os olhos num panorama maior os habilita a perseverar, não obstante frente aos maiores desconfortos e dores que possam experimentar.

4 - Uma predisposição para a tenacidade. Tenacidade é a habilidade de “seguir em frente”. Tempos difíceis? Seguindo em frente! Problemas financeiros? Seguindo em frente! Falta de confiança das pessoas? Seguindo em frente! Você lembra mesmo um grande sonhador? Seguindo em frente! Exausto? Seguindo em frente! Com vontade de largar tudo e desistir? Seguindo em frente! Sempre lembrando isso: Seguindo em frente! O prêmio está aí na frente! Muitos são os que desistem quando bem perto de alcançar o sonhado alvo. Portanto, siga em frente!

5 - Uma habilidade de identificar os recursos e usá-los com sabedoria. Líderes que fazem uma enorme diferença são aqueles que entendem que não podem isolar-se. Ninguém é um ilha, e ninguém é bem-sucedido por si mesmo. Líderes bem-sucedidos são aqueles que têm a habilidade de identificar claramente suas fraquezas. É sua capacidade em reconhecê-las e identificá-las o que os torna bem-sucedidos.

Eles vêem seus recursos e os utilizam com sabedoria, prosseguindo assim sua jornada rumo ao sucesso. E eles não apenas usam esses recursos, como os utilizam. Existe uma grande diferença entre usar e utilizar. As pessoas, as finanças, e tudo mais são trazidos e também ajudados por esse líder, que soube não apenas manipular, mas inclusive motivar outras pessoas a crescer mediante um salutar processo de mudança.

6 - Um desejo de ajudar outras pessoas a realizarem mais também para si mesmas. Grandes líderes têm consciência de que podem fazer uma enorme diferença. Eles sabem que a riqueza pode ajudar a matar a fome de muitos. Eles sabem que a sua posição de influência é capaz de abrir a porta para alguém que normalmente não teria chance alguma. Pessoas são ajudadas sadiamente por esses líderes, e jamais são usadas como trampolins.

Conclusão – Penso que se pudéssemos identificar o DNA de um líder, esses elementos sobre os quais falamos acima estariam presentes nos seus valores fundamentais. Você pode reconhecer alguns deles presentes em você? A boa notícia a respeito do DNA de que estamos falando, versus o nosso DNA real, é que você pode trabalhar no DNA de um líder, o que faz uma diferença mesmo mantendo o seu DNA. Portanto, se lhe falta um pouco daquilo que mencionamos acima, leve esses elementos a Deus. Trabalhe naquelas áreas, use a solicitude, examine-se com honesta transparência e vulnerabilidade, e certamente os resultados num futuro próximo poderão fazer toda a diferença neste mundo.

Que Deus muito o abençoe!

Nélio DaSilva

Voltar