Liderança em Ministério   

GENTE EM PRIMEIRO LUGAR
Nos primórdios da indústria automobilística, Henry Ford estabeleceu um paradigma sem precedentes ao usar produção técnica em massa e peças-padrões para seus carros. Sua filosofia era que, ao criar um tipo de carro, ele poderia produzi-lo com dois benefícios fundamentais: rápido e barato. Seu Modelo T, realmente com preço muito razoável, supriu a necessidade da população e fez com que a Ford assumisse a dianteira na fabricação de automóveis daqueles tempos.

Porém gradualmente as pessoas começaram a pedir a Ford que criasse novos modelos, e com cores variadas. Infelizmente Henry Ford não estava interessado em colocar gente em primeiro lugar. A sua resposta – que ficou para sempre marcada na história do automobilismo - para aqueles que queriam carros de cores diferentes, foi esta: “As pessoas podem comprar a cor que quiserem, contanto que seja preta”. A sua inabilidade em colocar as pessoas em primeiro lugar fez com que a Ford caísse da posição número um e perdesse milhões de dólares num mercado sensacional. As coisas teriam sido diferentes se ele houvesse tido a sensatez e a simplicidade de colocar as pessoas em primeiro lugar.

Se a sua igreja deseja crescer, então preciso compartilhar um segredo com você: “Coloque gente em primeiro lugar”. Colocar gente em primeiro lugar reforça o compromisso que temos de servir uns aos outros. Quando as pessoas são colocadas em primeiro lugar, elas têm a tendência de sentirem-se bem a respeito da sua igreja. Em resposta, elas passam a colocar outras pessoas em primeiro lugar, e a influência vai avançando dentro da comunidade.

A questão mais Importante

A Peter F. Drucker Foundation sugere que a pergunta que toda organização sem fins lucrativos deveria perguntar a si mesma é esta: “Quem é nosso cliente?”

Toda organização tem a sua própria terminologia para seus clientes. Médicos os chamam de pacientes; advogados de clientes, e igrejas de visitantes ou convidados. Só que não importa qual seja o termo que venhamos a empregar. O fato é que servir às pessoas é o grande chamado e vocação da igreja. A igreja, na realidade, tem dois clientes: as pessoas que estão dentro dela e aquelas que estão fora.

Nossos clientes “internos” representam aqueles que fazem da sua igreja a sua família. Nossos clientes “externos” são as pessoas que estamos tentando alcançar com as boas-novas de Jesus Cristo.

Uma vez que temos dois clientes, onde iremos colocar a nossa prioridade em nossos esforços de dar às pessoas o primeiro lugar? Essa nem sempre é uma resposta fácil de se obter, pois ela consiste de ambas as situações. Colocar as pessoas em primeiro lugar significa focalizar as duas clientelas. Temos que estar continuamente atentos àqueles que já estão dentro da igreja, ao mesmo tempo que tentamos alcançar os que se encontram fora dela.

Não apenas um programa

Colocar gente em primeiro lugar não é apenas um programa. É uma atitude, um estilo de vida. Isso significa que...

1. Temos que ouvir as pessoas.
Ao investir tempo em ouvir as pessoas, demonstramos que elas vêm em primeiro lugar na vida da nossa igreja.

2. Temos que levá-las a sério.
Ao irmos além do simples conhecimento das preocupações das pessoas, respondendo a elas com ações práticas, evidenciamos a elas que suas idéias e o que pensam têm importância.

3. Nós as ministramos na flexibilidade delas.
Ao sermos sensíveis ao estilo de vida do nosso povo, comunicamos nossa compreensão e consideração frente às pressões que enfrentam em sua vida diária.

4. Nós estamos disponíveis em emergências.
Ao responder imediatamente em tempos de crises, estamos lhes enviando uma forte mensagem de que elas são nossa primeira prioridade.

5. Nós as apreciamos.
Ao agradecer às pessoas, expressamos a elas as necessidades que temos delas e de seus ministérios.

6. Nós honramos os que se importam com os outros.
Ao apreciar as pessoas publicamente, estamos destacando um exemplo: como colocar as pessoas em primeiro lugar.

7. Nós as aceitamos incondicionalmente.
Ao amar e aceitar as pessoas como elas são, nós permitimos que elas se descontraiam e compartilhem o amor e o perdão de Cristo.

8. Nós as desafiamos a crescer
Ao termos a expectativa de que as pessoas irão crescer, nós apoiamos a sua vontade de se tornarem tudo aquilo que o Senhor deseja que elas sejam.

Algo para pensar

O segredo do crescimento de uma igreja é colocar as pessoas em primeiro lugar. Colocar as pessoas em primeiro lugar consiste em dois fatores fundamentais: ATITUDE e PROCESSO. Pense sobre o compromisso da sua igreja em colocar as pessoas em primeiro lugar, ao responder às seguintes perguntas:

1. Qual a atitude da sua igreja em colocar as pessoas em primeiro lugar?

2. Você pode identificar ações específicas ou incidentes que ilustram essa atitude?

3. Existem ministérios, programas ou outro processo organizacional estabelecido que possam assegurar que as pessoas estão sendo colocadas em primeiro lugar?

4. Quais são eles?

5. A sua igreja aprecia honra, ou de alguma forma expressa sua gratidão para com aqueles que têm colocado pessoas em primeiro lugar?

Contando a sua história

• Descubra uma história que demonstre o valor de colocar as pessoas em primeiro lugar.

• Se existem pessoas que ainda estão presentes na sua congregação, e que foram personagens da história que você contou, aprecie-as publicamente.

• Use histórias repetidas vezes, o que vem demonstrar que a sua igreja tem como símbolo colocar as pessoas em primeiro lugar.

Conclusão

Quais são os ministérios ou programas que você poderia desenvolver a fim de reforçar esse valor? Como você poderia começar a colocar as pessoas em primeiro lugar na sua igreja?

Nélio DaSilva

Voltar