Liderança em Ministério   

MúLTIPLOS CULTOS (PARTE 2)
Como a Igreja deve proceder?

Considere as seguintes sugestões, à medida que você começa a desenvolver planos para a concretização de um culto adicional.

1. Comece a registrar dados concretos

Comece a manter um controle da quantidade de participantes do seu culto, tanto de adultos como de crianças; também quanto ao número de carros no estacionamento (no caso de a igreja ter estacionamento próprio.) Observe especialmente quando a igreja atinge 80% da sua capacidade de lotação.

2. Prepare a sua liderança

Jamais se esqueça do velho e sábio provérbio: “Tudo se levanta e cai em liderança!” Tanto quanto você puder, eduque e treine os líderes da igreja a compreender a importância do relacionamento entre capacidade de assentos, estacionamento, atendimento a crianças e o crescimento geral na freqüência aos cultos. Compartilhe com eles as razões positivas para múltiplos cultos. Sugira uma estratégia para adicionar cultos à medida que sejam necessários.

3. Eduque a congregação

Direcione a atenção da congregação para a Grande Comissão do Senhor Jesus. Alerte-a sobre a possibilidade e a importância de acrescentar novos cultos. Solicite comentários por meio de pesquisa com a congregação e contatos pessoais. Faça uma pesquisa entre pessoas sobre preferência de estilos de culto e o tempo a ser investido em múltiplos cultos.

4. Estabeleça uma data

Desenvolva um plano estratégico e comunique aos membros da igreja uma possível data para começar o culto adicional.

5. Treine uma equipe adicional

Considere o número de pessoal necessário para dar apoio logístico ao novo culto. Comece a recrutar e treinar membros adicionais para a equipe de recepção, grupo de louvor ou coral, pessoas para ministério com crianças etc. Busque pessoas que ainda não estão servindo em algum ministério, tentando envolvê-las num novo papel de suporte e apoio.

6. Comunique (repetidamente) sobre as mudanças

Anuncie o novo culto aos membros não assíduos, à congregação ativa e a outros freqüentadores em potencial. Use o jornal da cidade, boletins informativos, cartas, cartazes e toda a criatividade que você tiver a fim de que o novo culto tenha todo o suporte possível.

7. Faça uma experiencia de 12 meses

Promova o novo culto como uma nova experiência. Se possível, realize-o por um período de 9 a 12 meses, antes de uma completa avaliação.

Quando o novo culto deve ser implementado?

Para que as suas chances de sucesso na implementação do novo culto ocorram, é melhor iniciá-lo quando...

1. Surgir o momento certo

Um dos maiores erros que igrejas freqüentemente cometem é o de acrescentar um novo culto na ocasião inapropriada. A chave para acrescentar um novo culto deve ocorrer quando a igreja estiver experimentando um gradual, porém sólido crescimento, e não quando o crescimento estacionou ou a igreja se encontra num platô.

2. O moral é alto

Acrescentar um novo culto é um passo de fé. Se a igreja estiver experimentando um período de desencorajamento, ou está enfrentando um período de conflitos, essas questões devem ser resolvidas antes de partir para múltiplos cultos.

Quais são as questões fundamentais?

Qualquer igreja que deseja iniciar um novo culto deverá trabalhar cuidadosamente algumas etapas e considerar as seguintes questões fundamentais:

Questão 1: Estilo de culto

A questão principal que muitas igrejas enfrentam é a de decidir se o novo culto será idêntico ao já existente ou se será num estilo diferente.
Fator chave a considerar: Diversidade da congregação.

Questão 2. Equilíbrio na freqüência

Uma questão que passa freqüentemente despercebida é se as freqüências dos dois ou mais cultos serão equilibradas.
Fator chave a considerar: a capacidade de assento do auditório, a configuração da congregação (solteiros, casados com filhos, idosos.) e o estilo de vida, de um modo geral.

Questão 3. Horário dos cultos

O horário dos novos cultos adicionais é um elemento que poderá definir o sucesso ou o fracasso da iniciativa.
Fator chave a considerar: o volume de trânsito (gente e automóveis), comunhão necessária e o estilo de vida das pessoas.

Questão 4: Berçário e crianças
Uma das questões mais difíceis e complicadas a considerar é quando e como providenciar a assistência necessária a crianças.
Fator chave a considerar: a idade das crianças da sua congregação, a expectativa dos membros e o número em potencial de pessoas a servirem nesse ministério.

Questão 5: Música

Múltiplos cultos aumentam a necessidade de um número maior de pessoal na área da música.
Fator chave a considerar: a disponibilidade do atual potencial de pessoal na área da música.

Questão 6: Ministérios de apoio

Acrescentar um novo culto requer um adicional apoio de pessoal.
Fator chave a considerar: A disponibilidade de um apoio adicional de pessoas em áreas cruciais de ministério.

Nélio DaSilva

Voltar