Liderança em Ministério   

APRIMORANDO O SEU CULTO
Indique – rápido! - o mais importante ministério que uma igreja precisa ter para que possa crescer.

Se você é como a maioria das pessoas, você possivelmente irá dizer que o crescimento da sua igreja está numa relação e proporção direta com a qualidade da celebração dos seus cultos aos domingos.

Mas afinal, o que é exatamente uma adoração comunitária celebrativa? Quais são os insights necessários para que criemos tal celebração? Quais os elementos ou os componentes de uma eficiente celebração comunitária?

Definição Geral

Definir com clareza e objetividade uma celebração de culto não é algo fácil. No entanto, todos podemos reconhecer quando nos encontramos dentro de uma eficiente e edificante celebração.

Partindo de um ponto de vista bastante prático, a adoração é celebrativa quando...

1. As pessoas são atraídas. Uma adoração celebrativa ocorre quando pessoas vêm à igreja porque desejam realmente estar ali, e não pelo fato de terem que ali estar.

2. As pessoas trazem seus amigos. Uma adoração celebrativa não apenas atrai pessoas, como estas terminam por se transformar numa razão para que amigos e convidados sejam a ela trazidos.

3. As pessoas participam. Uma adoração celebrativa cria um ambiente e uma atmosfera onde o cantar, orar, dar ofertas e outras áreas da adoração são feitas com entusiasmo e exuberância.

4. As pessoas ouvem. Uma adoração celebrativa capta a atenção dos adoradores durante todo o tempo da adoração.

5. As pessoas crescem. Uma adoração celebrativa desafia indivíduos a tomarem decisões que irão afetar a sua vida numa base diária.

Insight #1: A adoração celebrativa é comunicada à pessoa como um todo.

Uma adoração eficiente leva a sério a natureza mental, espiritual e relacional dos adoradores.

Infelizmente aqui a tendência generalizada é a da polarização. Para alguns grupos o importante e totalmente fundamental é a mente, enquanto para outros tudo se resume na esfera das emoções. A realidade é que uma adoração celebrativa eficiente deve desafiar não só a mente e as emoções, mas também o coração dos adoradores (João 4).

Insight #2: A adoração celebrativa empolga aqueles que dela participam.

Em certas celebrações bastam alguns segundos para que se possa sentir uma atmosfera altamente contagiante. Não é fácil descrever o sentimento; contudo, ainda assim podemos instintivamente saber quando uma celebração traz consigo certos elementos que não são encontrados em ouras celebrações.

Apesar de – obviamente – não querermos criar um falso entusiasmo, a realidade é que, quando adoradores experimentam uma forte energia eles afirmam que aquela adoração foi celebrativa. Se no entanto o nível de energia e vitalidade foi baixo, chances muito fortes irão indicar que eles nunca mais retornarão.

Aprimorando a adoração

Nos dias atuais a nossa sociedade esbanja ricas informações mediante imagens constantes, vendas em “bits” de pouquíssimos segundos, e outros estímulos criativos para lhes prender a atenção. Contrastantemente, porém, quando as pessoas vêm à igreja o que elas com freqüência encontram é um ambiente de lentidão e morosidade, com pouquíssimo ou inexistente apelo visual. Conseqüentemente, quando confrontada com a falta de estímulo, a mente das pessoas tende a divagar.

Apresento a seguir cinco idéias/sugestões que você pode usar a fim de criar uma adoração celebrativa mais empolgante, o que sem dúvida irá segurar a atenção do seu povo.

1. Construa a celebração em torno de um tema

À semelhança do que ocorre com um sermão, quando a unidade é violada torna-se difícil salvar até mesmo um bom conteúdo. Uma celebração com um forte senso de unidade pode chamar todos os outros componentes do culto para o mesmo tema; o resultado não será outro, a não ser uma maior penetração na mente e no coração das pessoas.
“Mas como criar tal unidade?” Primeiramente identifique o tema geral que você deseja comunicar à sua audiência. A seguir, selecione e use apenas músicas que se encaixam dentro do seu tema. Tome o cuidado deliberado e disciplinado de mencionar seu tema central na introdução, nos comentários de transição de um segmento do culto a outro, e até mesmo em seus anúncios.

2. Planeje participação

Uma adoração celebrativa mantém as pessoas alertas, ao envolvê-las de uma maneira significativa durante todo o decorrer da celebração. “Mas como criar tal participação?” Promova participação mediante cânticos, bater de palmas, aperto de mãos, abraços, completando as lacunas vazias do esboço da sua mensagem falando, sorrindo, e por meio de outras formas de participação da audiência.

3. Acelere o movimento da celebração

Uma adoração celebrativa se movimenta com suficiente dinamismo, visando manter a atenção dos participantes. Acelere o compasso dos cânticos e use músicas com ritmo acelerado. Faça o contraste de variação – diminuindo o compasso - usando cânticos reflexivos, sempre trazendo de volta o tema central da celebração.

4. Elimine os “espaços mortos”

Uma adoração celebrativa eficiente se move rapidamente entre as várias partes do culto, sem permitir – em hipótese alguma – nenhum espaço morto, a ponto de impedir que as pessoas percam a atenção.
Desenvolva boas transições entre os vários elementos da adoração. Os movimentos entre o povo e os elementos da celebração devem ter a combinação de dois elementos aparentemente paradoxais: rapidez e suavidade.

5. Use variedade

Uma eficiente adoração celebrativa usa uma variedade de elementos na adoração. Essa variação é vital no objetivo de manter a atenção dos participantes.
Para aprimorar a adoração você pode incluir uma variedade de elementos, tais como: participação de um ministério de teatro, implementação de pequenos esquetes – sempre dentro do tema central –, entrevistas, vídeo, testemunho intercalado num dos pontos do sermão, solo musical etc.

Conclusão

Uma adoração celebrativa começa com um planejamento antecipado. Portanto...
  • Recrute seu grupo de louvor, e com eles comece a desenvolver celebrações criativas.

  • Planeje sua celebração com pelo menos 4 semanas de antecipação.

  • Use as cinco idéias/sugestões a fim de aprimorar a sua celebração do domingo.

Nélio DaSilva

Voltar